Regime de chuvas e saúde infantil no estado do Ceará: evidências para os municípios em anos censitários (1991-2010)

De Oliveira Silva, Victor Hugo and Medeiros, Cleyber Nascimento de (2019) Regime de chuvas e saúde infantil no estado do Ceará: evidências para os municípios em anos censitários (1991-2010). Nova Economia, 29 (1). pp. 307-338. ISSN 1980-5381

[img]
Preview
PDF (Published_Portuguese) - Published Version
Available under License Creative Commons Attribution.

Download (333kB) | Preview

Abstract

O presente estudo busca investigar o impacto do regime de chuvas dos municípios do estado do Ceará sobre a saúde infantil, representada pela taxa de mortalidade de crianças menores de 5 anos (TMC), em anos censitários (1991, 2000 e 2010). As regressões indicam uma relação negativa entre a TMC e a precipitação municipal, na qual a exposição às doenças infecciosas surge como o principal mecanismo de efeito. Observa-se também que a TMC é particularmente sensível à ocorrência de episódios de secas severas/extremas. Esse resultado é particularmente preocupante, uma vez que as previsões de mudanças climáticas indicam aumento na duração e intensificação das secas na região Nordeste do Brasil. Estimativas baseadas em tais projeções sugerem que a perda de capital humano na infância devido às futuras quedas no nível de precipitação municipal pode atingir 1,5% do PIB do Estado até o final do século XXI.

Item Type: Article
Faculty \ School: Faculty of Medicine and Health Sciences > Norwich Medical School
Related URLs:
Depositing User: LivePure Connector
Date Deposited: 14 Jan 2022 08:30
Last Modified: 15 Jun 2022 11:31
URI: https://ueaeprints.uea.ac.uk/id/eprint/83023
DOI: 10.1590/0103-6351/3368

Actions (login required)

View Item View Item